domingo, 7 de dezembro de 2008

nao ha paxorra!

desculpem mas não há paciencia pa escrever!!!
Voltarei....

Saudações desportivas.

segunda-feira, 17 de novembro de 2008

Seniores da A.C.R.U.T.Z retomam o caminho das vitórias, concelho de Sesimbra obtem 3 vitórias.

Foi uma equipa completamente diferente daquilo que temos visto nos útimos jogos e a subir de forma substacialmente que obteve uma justa vitória em Grândola perante a equipa da casa o Grandolense.
Esta equipa contou com uma quinzena de adeptos que se deslocaram do Zambujal (Sesimbra), e que apoiaram a equipa do primeiro ao último minuto.
A equipa cedo poderia ter chegado ao golo através de uma grande penalidade claríssima cometida pelo defensor da equipa da casa, que Huginho converteu colocando demasiado a bola com esta a embater no poste esquerdo da baliza defendida pelo Guardião do Grandolense.
A equipa chegou ao golo por intermédio do ponta de lança Dani, num lance muito confuso que dá ao atleta o seu primeiro golo no campeonato. Paixão aumentou a vantagem após uma excelente jogada do flanco esquerdo da turma forasteira culminada com um cruzamento ao segundo poste que Paixão de cabeça finalizou de forma exemplar.
Os meus sinseros parabéns a equipa orientada por José Carlos que soma dois jogos sem perder e que continuem no caminho das vitórias, que nós adeptos poucos mas bons cá estaremos para apoiar seja em Grândola seja no complexo desportivo da A.c.r.u.t.z, seja onde for, força equipa.
Aproveito esta crónica para deixar os meus sinceros parabéns as equipas do concelho, Alfarim e Sesimbra que têm feito um campeonato distrital de 1º divisão de forma digna e exemplar, o que prova que no nosso concelho se trabalha bem em proll do desporto e que queremos mais e melhor para os nossos simpatizantes.

Nº 10 de classe

Guilherme Almeida, júnior do Grupo Desportivo de Alfarim lidera a tabela de melhores marcadores do campeonato da primeira divisão distrital de juniores pela Associação de Futebol de Setúbal com sete golos, mais dois que o segundo classificado.
Falando um pouco do jogador em questão, tem como grandes qualidades a técnica e visão de jogo que aliadas a uma inteligência e um processamento de jogo rápido o tornam num jogador de grande nível.
É um jogador que goza de grande respeito por parte dos colegas nomeadamente os de primeiro ano, que ouvem os seus conselhos muito atentos numa prespectiva de melhorarem e virem a aprender algo com ele.
Como todos os grandes jogadores tambem tem defeitos, e o seu maior defeito talvez seja a irreverência própria destas idades que faz com que algumas pessoas se aproveitem disso para dizer tudo o que lhes apetece.
Quanto me convidaram para ser treinador desta equipa, ouve várias pessoas que me disseram toma atenção aquele miudo porque é um caso complicado, é conflituoso e pensa que tem estatudo de estrela.
Mas a verdade é que as pessoas enganam-se redondamente porque é um miúdo cinco estrelas e que defende a sua equipa a todos os custos, e que aceita as decisões dos treinadores e colegas merecendo assim o seu respeito.
Guilherme independentemente de como acabe a época para já tu tens contribuindo e muito para esta equipa e que aquela injusta expulsão em Acácer que te privou de dar o contributo a equipa nos passados dois jogos, te torne num melhor atleta.
Este pequeno prémio vai para ti por tudo o que tens feito por esta equipa assim como todos os outros que trabalham todos os dias para encararmos todos os jogos como do último se trata-se.
Grande abraço, continua miúdo.

Alfarim 6 Moitense 3

Os juniores do Alfarim receberam e levaram de vencida a turma do Moitense, num jogo sofrido e com muitos golos.
A equipa trabalhou muito bem durante a semana e estava disposta a esquecer o desaire na Amora em que saímos goleados por seis golos sem resposta.
Entramos bem na partida no entanto e sem ninguem esperar aos 15 minutos de jogo já perdíamos por 0-2 perante duas distracções do nosso guardião a meias com a defesa.
A equipa ficou completamente perdida em campo mas um grande golo de Nuno por parte do Alfarim fez acreditar a a equipa que seria possível e assim foi, Guilherme Almeida que haveria de estar em destaque na partida por boas razões fez o golo do empate do empate através de um livre. Ao intrevalo tudo empatado, Alfarim 2 Moitense 2.
Na segunda parte entramos a cair em cima do Moitense e chegamos ao 3-2 outra vez por intermédio de Guilherme colocando justiça no marcador. Através de uma grande jogada de Agra, Guilherme vai fazer de cabeça o quarto golo para a equipa Alfarim, Carlinhos fez o 5-2, pouco depois o Moitense iria reduzir através de uma grande penalidade, fazendo o 5-3 em que mais uma vez uma saida em falso no jovem guardião Tiago poderia deitar tudo a perder.
Guilherme marcou o sexto golo para o alfarim fechando as contas no marcador, com o resultado final de 6-3 para a turma de alfarim.
Esta equipa do Moitense apresentou-se no complexo de Alfarim com um jogo muito feio, acabando por ver um dos seus jogadores ser expulso, mas na verdade outro jogador poderia ter sido expulso, tal não foi o jogo duro e as constantes faltas cometidas pelos forasteiros.
Esta mensagem vai para todos os jogadores do Alfarim: " Hoje fomos grandes, com grande espírito de sacrificio e união conseguimos dar a volta a um jogo muito dificil e sair-mos vencendores".
Golos: Guilherme Almeida (4), Nuno (1) e Carlinhos (1).
Melhor em campo: Guilherme, nota (5)
Árbitro da partida: M. Cabacinha, nota (4)
11 Titular: Tiago, Hugo, Miguel, Carlinhos, Ricardo, Gonçalo, Guilherme, Fabinho, Agra e Nuno.
Jogaram ainda: Davide Costa, David Veríssimo e Ivo Canoa.

Resultados 15/16 de Novembro

Cotovia Futsal:


  • Seniores- Clube R. D. Miratejo 5 Cotovia 5
  • Juvenis- S. C. Samouco 2 Cotovia 2
  • Iniciados- A. F. Alcochete 4 Cotovia 3
  • Infantis- Cotovia 3 Os Verdes 4
  • Escolas- F. C. Beira Mar 12 Cotovia 0

Saldo: 5 jogos, 2 empates, 3 derrotas, 13 golos marcados, 27 golos sofridos, 2 pontos conquistados de 15 possíveis.

Campeonatos:

  1. Seniores- (4º Classificado, 10 pontos)
  2. Juvenis- (8º Classificado, 9 pontos)
  3. Escolas- (7º Classificado, 3 pontos)
  4. Infantis- (17º Classificado, 1 Ponto)
  5. Iniciados- (15º Classificado, 0 Pontos)

Média: 23 pontos a dividir por 6 equipas = Média de 3,83 por campeonato

Acrutz Zambujalense:

  • Seniores 1º distrital- O Grandolense 0 Acrutz 2
  • Infantis- Folgaram
  • Escolas- Acrutz 5 Paio Pires 6

Saldo: 2 jogos, 1 vitória, 1 derrota, 7 golos marcados, 6 golos sofridos, 3 pontos conquistados de 6 possíveis.

Campeonatos:

  1. Seniores- (11º Classificado, 9 pontos)
  2. Infantis- (9º Classificado, 0 pontos)
  3. Escolas- (9º Classificado, 0 pontos)

Média: 9 pontos a dividir por 3 equipas = Média de 3 pontos por campeonato.

Grupo Desportivo de Alfarim:

  • Seniores 1º Distrital- Alfarim 3 M. Rosarense 0
  • Juniores 1º Distrital- Alfarim 6 Moitense 3
  • Juvenis 2º Distrital- Alfarim 5 Charneca da Caparica 1
  • Iniciados 2º Distrital- C. .R. I 2 Alfarim 2
  • Infantis A- Folgaram
  • Escolas A- Folgaram
  • Escolas B- Charneca da Caparica 4 Alfarim 2

Saldo: 5 jogos, 3 vitórias, 1 empate, 1 derrota, 18 golos marcados,10 golos sofridos, 10 pontos conquistados de 15 possíveis.

Campeonatos:

  1. Seniores- (3º Classificado, 18 pontos)
  2. Juvenis- (5º Classificado, 17 pontos)
  3. Iniciados- (2º Classificado, 16 pontos)
  4. Juniores- (11º classficado, 6 pontos)
  5. Escolas A- (6º classificado, 3 pontos)
  6. Infantis A- (8º Classificado, 3 pontos)
  7. Escolas B- (12º Classificado, 0 pontos)

Média: 63 Pontos a dividir por 7 equipas = Média de 9 pontos por campeonato.

Sesimbra:

  • Seniores 1º Distrital- Sesimbra 4 1º Maio Sarilhense 0
  • Juniores 1º Distrital- Vasco da Gama de Sines 1 Sesimbra 2
  • Juvenis 1º Distrital- Pinhalnovense 0 Sesimbra 0
  • Iniciados 2º Distrital- Afonsoeirense 2 Sesimbra 5
  • Infantis A- Folgaram
  • Infantis B- Sesimbra 7 Monte da Caparica 0
  • Escolas A- Sesimbra 10 Arrentela 1
  • Escolas B- Sesimbra 3 Cova da Piedade 2

Saldo: 7 jogos, 6 vitórias, 1 empate, 0 derrotas, 31 golos marcados, 6 golos sofridos, 19 pontos conquistados de 21 possíveis.

Campeonatos:

  1. Seniores- (1º Classificado, 25 pontos)
  2. Iniciados- (5º Classificado, 17 pontos)
  3. Escolas A- (2º Classificado, 12 pontos)
  4. Juniores- (3º Classificado, 12 pontos)
  5. Infantis A- (4º Classificado, 12 pontos)
  6. Escolas B- (6º Classificado, 6 pontos)
  7. Juvenis- (13º Classificado, 5 pontos)
  8. Infantis B- (4º Classificado, 4 pontos)

Média: 93 pontos a dividir por 8 equipas = Média de 11,625 pontos por campeonato.

Associação Cultural e Desportiva da Quinta do Conde:

  • Seniores 2º distrital- Juventude Sarilhense x Quinta do Conde (Adiado para o dia 21/12/08 pelas 15.00)
  • Juniores 2º distrital- Quinta do conde x Paio Pires (Adiado para o dia 20/12/08 pelas 15.00)
  • Juvenis 2º distrital- Monte da Caparica 1 Quinta do Conde 2
  • Iniciados 1º distrital- Amora 2 Quinta do Conde 1
  • Infantis A- Folgaram
  • Infantis B- Palmelense 9 Quinta do Conde 0
  • Escolas A- Fabril 10 Quinta do Conde 0
  • Escolas B- Barrreirense 10 Quinta do Conde 0

Saldo: 5 jogos, 1 vitória, 4 derrotas, 0 empates, 3 golos marcados, 33 golos sofridos, 3 pontos conquistados em 15 possíveis.

Campeonatos:

  1. Juvenis- (6º Classificado, 16 pontos)
  2. Juniores- (8º Classificado, 10 pontos)
  3. Infantis A- ( 7º Classificado, 3 pontos)
  4. Seniores- (8º Classificado, 4 pontos)
  5. Escolas A- (8º Classificado, 4 pontos)
  6. Iniciados- (13º Classificado, 1 ponto)
  7. Infantis B- (12º Classificado, 0 pontos)
  8. Escolas B- (13º Classificado, 0 pontos)

Média: 28 pontos a dividir por 8 equipas = Média de 3,5 pontos por campeonato.

domingo, 9 de novembro de 2008

Resultados 08\09 de Novembro 2008

1º Distrital de Seniores:
  • Acrutz 0 Palmelense 0
  • Trafaria 1 Sesimbra 2
  • Arrentela 4 Alfarim 1

1º Sesimbra (22 pontos)

2º Alfarim (15 pontos)

14º Acrutz (6 pontos)

2º Distrital de Seniores:

  • Quinta do Conde 2 Charneca da Caparica 1

7º Classificado (4 pontos)

1º Distrital de Juniores:

  • Sesimbra 2 Galitos 2
  • Amora 6 Alfarim 0

3º Classificado Sesimbra (9 pontos)

14º Classificado Alfarim (3 pontos)

Prémios Rádio Baia (98.7)

Melhor Gr : Bruno Silva (Amora)

Melhor Marcador : Eddy 4 golos (Arrentela) Cristiano 4 golos (Sesimbra)

Melhor árbitro : Paulo Jorge ( Barreiro)

Mais nomeações para melhor em campo: Cristiano (Sesimbra), Pirí (Vasco da Gama) e João Lince ( Alcacerense), 3 nomeções.

2º Distrital de Juniores:

  • G.D.R.Portugal 1 Quinta do Conde 1

8º Quinta do Conde (8 pontos)

1º Distrital de Juvenis:

  • Sesimbra 4 Fabril 1

12º Sesimbra (4 pontos)

2º Distrital de Juvenis:

  • Almada 5 Alfarim 1
  • Brejos de Azeitão 0 Quinta do Conde 3

4º Alfarim (14 pontos)

6º Quinta do Conde (13 pontos)

1º Distrital de Iniciados:

  • Cova da Piedade 8 Quinta do Conde 1

Quinta do Conde (1 ponto)

2º Distrital de Iniciados:

  • Sesimbra 1 S. Vinhense 1
  • Alfarim 1 Afonsoeirense 0

2º Alfarim ( 15 pontos)

4º Sesimbra (10 pontos), um jogo a menos.

Infantis Série B:

  • Paio Pires 0 Sesimbra 5
  • Acrutz 1 Alfarim 9
  • Quinta do Conde 2 Seixal 6

Sesimbra (12 pontos)

Alfarim e Quinta do Conde (3 pontos)

Acrutz (0 pontos)

Infantis "B" Série A:

  • Charneca da Caparica "B" 1 Sesimbra "B" 1

Infantis "B" Série B:

  • Quinta do Conde "B" 3 Moitense "B" 5

Escolas Série B:

  • E. A. Pica 8 Acrutz 1
  • Alfarim 0 Sesimbra 8

Sesimbra (9 pontos)

Alfarim (3pontos)

Acrutz (0 pontos)

Escolas Série C:

  • Quinta do Conde 6 Galitos 2

Quinta do Conde ( 3 pontos)

Escolas "B" Série A: (resultados não divulgados)

  • Alfarim "B" 0 B. M. Almanda "B" 5
  • Almada "B" 1 Sesimbra "B" 1

Escolas "B" Série B:

  • Quinta do Conde "B" 0 1º de Maio Sarilhense "B" 6

Futsal:

  1. ESCOLAS - Portugal Cultura e Recreio 4 Cotovia 1
  2. INFANTIS - G. Futsal Amigos 1 E. Sol Cotovia 1
  3. INICIADOS - Cotovia 2 A. Escolinhas D. Antero 3
  4. JUVENIS - Cotovia 3 Escola Básica D. João I 3
  5. SENIORES - Cotovia 1 G. os Indefectíveis 5

Nota: Todos os resultados são fornecidos pela rádio baia, através da sua rezenga desportiva, que chega até nós todos os Domingos a partir das 19.oo horas em (98.7). Desde já um grande obrigado a todos os responsáveis pelo profissionalismo com que o fazem.

Resultados finais.

Escolas da Cotovia perdem na Arrentela perante o Portugal C. Recreio por 4-1

Perante uma grande equipa e sem todos os jogadores inscritos até ao momento, os jovens atletas nunca baixaram os braços e apesar de estarem a perder por 2-0 ao intervalo acreditaram sempre que podiam chegar ao golo, e conseguiram apesar de estarem a perder por 3-0, reduziram para 3-1.
Na primeira parte não estivemos bem, entramos melhor na segunda mas não nos foi possível dar a volta ao jogo, num jogo muito bem disputado em que tudo foi bonito, desde o apoio aos jogadores por ambas as equipas assim como a arbitragem e o empenho dos jogadores de ambas as equipas quando assim é dá gosto assistir e acompanhar futsal. Muitos parabéns a todos os intervenientes.

Amora 6 Alfarim 0

Poucas palavras há para exprimir os sentimentos que me surgem neste momento, no entanto perante os bons e os maus momentos os leitores têm o direito de saber o que se passou, depois de um excelente jogo da minha equipa perante um dos candidatos á subida, acreditamos que poderíamos ir á Amora conseguir um bom resultado, confesso que não estava minimamente preparado para o que iria acontecer.
Antes de ir ao jogo, assumo que perante um ambição muito grande da minha parte, e apesar de ser muito jovem acreditei que seria possível comandar sozinho este grupo de homens, e fui acreditando através do feedback que recebi da parte deles, no entanto não tenho sido muito feliz e sabendo de antemão que uma equipa necessita de pontos para se manter, resolvi depois de muito pensar colocar o meu lugar a disposição da direcção, numa perspectiva de haver uma mudança, isto porque temos um bom grupo e porque acredito que irão dar a volta por cima, não será um passo em falso e alguém disse uma vez perco esta batalha mas não perdi a guerra, há que levantar a cabeça e seguir em frente.
Quanto ao jogo, foi um jogo em que os juniores tiveram um apoio muito grande dos adeptos mas que não foi suficiente, a perder por 3-0 ao intervalo a equipa nunca se encontrou e acabamos por ceder uma pesada derrota, que em nada espelha aquilo que valemos, e os constantes erros e falta de experiencia nos momentos chave continuam a persistir e a surgir jogo a jogo. Arrisquei, tentei reforçar o meio campo e sair mas foi um dia muito infeliz, de tal modo que não ponho em causa o empenho dos jogadores mas sai muito humilhado e triste, talvez com alguém com mais experiencia nestas andanças a equipa encontre o rumo certo, eu estarei cá para o que for preciso e seja qual for a decisão da direcção, respeito-a e como não invejo a felicidade e os sucessos de ninguém, deixo o comando antes de um jogo que penso que temos tudo para ganhar.
Um grande abraço para os jogadores apesar de tudo, e para quem apostou que eu seria a pessoa certa para ficar como principal o meu especial agradecimento e peço desculpas por não ter sido feliz.

terça-feira, 4 de novembro de 2008

Imperdoável

Uma completa vergonha!!!

É com muita tristeza que anuncio este pequeno desabafo, é uma vergonha o que as arbitragens têm feito a uma equipa que tem lutado contra tudo e todos para conseguir pontuar nesta primeira divisão distrital de seniores.
No passado Domingo desloquei-me a Amora para ver a equipa com o qual simpatizo mais um grupo grande de sócios que têm apoiado a equipa e que ainda não falharam um jogo do Zambujal.
Num jogo que a equipa da Acrutz até não entrou bem e foi claramente dominada na primeira parte o Amora chegou ao golo através de um lance de bola parada, ate aqui tudo bem o Zambujal não jogava bem mas estava a começar a subir de rendimento quando ninguém esperava um cruzamento junto ao flanco direito do ataque do Amora e a bola vai embater no braço do jogador do Zambujal que está de costas e tem o braço junto ao corpo sem fazer movimento na tentativa de chegar a bola, o fiscal de linha quando o arbitro já tinha mandado iniciar o jogo manda marcar penalti. Onde é que já vi isto? Há foi no outro jogo em que só o fiscal viu um penalti. A equipa acabou por ficar desanimada e ao intervalo perdia por 2-0. No entanto na segunda parte só deu zambujal e a equipa visitante com muito mais futebol que a Amora consegui reduzir para 2-1 mas o resultado não se iria alterar mais.
Pois é se não fosse aquele milagroso penalti, o resultado justo seria o empate.
É completamente absurdo e defeituoso o auxilio do fiscal de linha, que por incrível que pareça andou mais preocupado em mandar pôr bolas em jogo quando o árbitro lhe pedia para levantar a placa com os descontos. Enfim veremos o que nos espera para a semana, HÁ QUE TER CUIDADO MEUS SENHORES, A EQUIPA PODE NÃO SER A MELHOR DE TODAS MAS TRABALHA TODOS OS DIAS PARA CONSEGUIR OS SEUS OBJECTIVOS E A LUTAR CONTRA DUAS EQUIPAS NO DECORRER DOS JOGOS É DIFICIL.

Iniciados do alfarim ascedem ao 2º lugar.

Os iniciados do Grupo Desportivo de Alfarim continuam a excelente campanha no campeonato de iniciados da Associação de Futebol de Setúbal e com duas vitórias consecutivas subiram ao segundo lugar da tabela classificativa, com mais dois pontos que o terceiro classificado e mais três pontos do quarto classificado o Sesimbra que tem um jogo a menos.
Quando se trabalha bem há que dar os parabéns aos seus intervenientes, esta era no início da temporada uma equipa com muitas dificuldades e previa-se um campeonato difícil para os técnicos desta equipa. No entanto com muito trabalho e dedicação esta equipa encontra-se actualmente na luta pela subida.
Os meus sinceros parabéns pelo trabalho que a equipa técnica tem vindo a desenvolver neste escalão e também para os jogadores por dignificarem a camisola do clube.

Escolas da Cotovia vencem pela primeira vez.

A jovem equipa de escolas da Cotovia treinada por João Encantado e Rui Gatinho, alcançaram este fim-de-semana no pavilhão municipal de Sampaio a sua primeira vitória no campeonato de escolas por uns esclarecedores 8-0 diante do Verderena.
A equipa da Cotovia é muito jovem sendo constituída praticamente por atletas de primeiro ano, ainda assim conseguimos desequilibrar a partida através da melhor qualidade técnica da nossa equipa.

Jogaram pela Cotovia:

Miguel Xavier (gr), Mauro (2 golos), André (1 golo), Alexandre (2 golos), Gonçalo Leandro, e Shrek (3 golos).

Muitos parabéns a minha equipa que com apenas um jogador para trocar no banco, muito batalhou e se esforçou por conseguir esta grande vitória.

Sesimbra vence derby

O Grupo Desportivo de Sesimbra levou de vencida o Grupo Desportivo de Alfarim por 2-1 com golos de Ricardo Sovelas e kadú, Agra marcou pelo Alfarim.
Numa primeira parte em que ambas as equipas estiveram bastante concentradas e seguras o Sesimbra foi quem mais controlou a posse de bola e quem a fez circular, no entanto o Alfarim nunca tremeu perante as investidas do Sesimbra jogando sempre em contra ataque rápido mas o resultado não se alterou e manteve-se empatado até ao intervalo 0-0.
No início da segunda parte o Alfarim apareceu mais solto e com vontade e nos minutos iniciais dispôs de uma grande penalidade indiscutível que Agra converteu fazendo o primeiro golo do jogo.
O Sesimbra em desvantagem foi a procura do golo e acabou por ser feliz marcando dois golos de bola parada um de livre e um de canto, dando a volta ao marcador com muito esforço.
O Sesimbra controlava o jogo e o Alfarim tentava chegar ao empate e nos últimos 10 minutos da partida o Alfarim poderia ter chegado ao tão desejado golo do empate, mas um guardião inspirado negou todas e quaisquer investidas da turma do alfarim.
Enquanto técnico do alfarim penso que o resultado mais justo seria o empate, ainda assim não tiro o mérito a equipa do Sesimbra pela capacidade de sofrimento e vontade em segurar a vitória nos minutos finais. Quero desejar as melhores felicidades a turma de Sesimbra pois foram uma excelente equipa durante os 90 minutos não só pelo resultado, mas pelo carácter disciplinar e respeito que teve pela equipa do Alfarim. Quanto aos meus jogadores, vocês foram grandes hoje vamos levantar a cabeça, um grande abraço por nunca desistirem e tudo fazerem por chegar ao fim do jogo com outro resultado que não a derrota.
Quanto ao juiz da partida, não gosto de comentar arbitragens porque parto do princípio que toda a gente pode errar, por vezes alguns errem demais.
Não foi uma arbitragem no meu ver muito negativa, o arbitro controlou o encontro do principio ao fim, a excepção de um cartão amarelo ou dois por faltas mais duras, teve um erro grave ao não expulsar o jogador do Sesimbra aquando da falta da grande penalidade já que Marco ia isolado para a baliza, num outro lance polémico em que a equipa do Sesimbra se queixou foi num golo anulado por suposta falta sobre o Gr do alfarim, e no meu ver teve bem o juiz da partida.
Por fim os meus sinceros parabéns para ambas as equipas por dignificarem as cores dos respectivos clubes numa partida bem disputada a todos os níveis.

Alfarim 1 Sesimbra 2
(Agra) (Sevelas, kadu)

Melhor em campo Alfarim: Marco
Arbitro da partida Nota : 3


Onze inicial: Tiago, João, Hugo, Samuel, Miguel, Davide, Ricardo, Gonçalo, Caparica, Marco, Nuno.
Entraram ainda: Roque, Carlinhos e Agra.

quinta-feira, 30 de outubro de 2008

Porque não?

Procuram-se colaboradores, contribuindo com notícias dos seus clubes assim como textos de sua autoria que queiram ver publicados neste blogue, partindo do principio que este blogue está ao serviço do desporto distrital é demais evidente que deixa de ser o meu blogue passando a ser o nosso blogue, de todos aqueles que se esforçam para que diariamente seja reconhecido o trabalho que se desenvolve nos respectivos clubes.A todos os colaboradores de jornais concelhios a mensagem vai ao vosso encontro também, assim como a todos aqueles que trabalham nas colectividades sejam eles treinadores, directores, presidentes, jogadores, entre outros, a vossa opinião conta.
JUNTOS PODEMOS FAZER A DIFERENÇA.....

Juniores do Alfarim




Peço desculpas a todos os leitores deste blogue pela falta de notícias nos últimos tempos porque a vontade de escrever tem sido pouca e quero agradecer todo o apoio que tenho recebido de variadas pessoas nesta nova jornada da minha curta carreira de treinador.
Quando iniciei a construção deste blogue não esperei que tivesse o reconhecimento que tem tido e rapidamente chegamos as 1000 visitas o que é para mim um enorme motivo de orgulho. Um muito obrigado a todos os que tornaram possível atingir essa meta.
Alcacerense 3 Alfarim 1

Após a vitória caseira diante dos Pelezinhos por 4-2, os juniores do Grupo Desportivo de Alfarim deslocaram-se ao terreno do Alcacerense e não conseguiram levar de vencida os de Alcácer perdendo por 3-1.
A minha equipa até entrou bem no jogo pressionando o adversário e cedo chegou ao golo logo aos 4’ por intermédio de Miguel (defesa central).
Quando se esperava que os meus jogadores assumissem o decorrer do jogo acabou por acontecer o inverso sendo a equipa da casa, a ir a procura do golo conseguindo-o volvidos 3’ do golo inaugural após falha defensiva da turma de alfarim.
O jogo foi bem disputado até ao intervalo e o resultado não se alterou, inicio da segunda parte logo aos 3’ podíamos ter alterado o resultado do jogo a nosso favor numa excelente jogada de ataque, assim não o fizemos e acabamos por sofrer o 2-1 num contra-ataque em que mais uma vez a defesa do alfarim não fica muito bem na fotografia. É então que se verifica o já tão famoso anti-jogo, já que a equipa do Alcacerense apenas se preocupou em queimar tempo, levando uma eternidade a recolocar a bola em jogo e os seus respectivos jogadores lançando-se para o chão sem que necessidade para tal houvesse. Os jogadores do alfarim nunca baixaram os braços mas nada corria bem e acabamos por nos deixar ir no anti-jogo deles ficando cada vez mais nervosos, não foi um jogo muito positivo da minha equipa verdade seja dita, no entanto em cinco anos de treinador nunca tinha visto uma equipa levar uma segunda parte de um jogo da maneira que a turma do alcacerense levou, podiam e deviam jogar futebol mas assim não o fizeram, arriscamos caímos em cima do adversário no entanto já nos minutos finais, acabou por ser a equipa de Alcácer a sentenciar a partida fazendo o resultado final de 3-1, só me resta agradecer aos meus jogadores pelo carácter e união que têm demonstrado, um grande abraço para todos vós.

segunda-feira, 22 de setembro de 2008

Apenas uma ideia...


Projecto de financiamento de jogadores

Em virtude da ruptura financeira dos clubes locais, surgiu a ideia de, através da angariação de patrocínios, conseguir colmatar os valores que são dispendidos pelos jogadores, nas deslocações para e do futebol.
A inscrição de um plantel sénior e a sua manutenção, quer em termos de infra-estruturas quer em termos de pagamento de licenças e policiamento é elevada.
Todas as épocas os clubes amadores e distritais que inscrevem ou pretendem inscrever uma equipa sénior, começam com um saldo negativo de cerca de 5000 euros. Depois é necessária a devida angariação de verbas para contrabalançar este peso.
Em outros momentos, vários modelos têm sido adoptados. Clubes que acordam um valor com o jogador e comprometem-se ao pagamento regular e periódico ao jogador. Pessoas que conseguem angariar um grande patrocínio, e que posteriormente é repartido equitativamente pelos membros da equipa.
O que se propõe é aqui é um pouco diferente.
O conceito passa por tornar os próprios jogadores, como vendedores e angariadores do clube.
Inicialmente os jogadores assumiram o compromisso de fazerem parte do plantel com um custo 0, em termos de remunerações regulares e periódicas.
O compromisso mantém-se, os jogadores estão e estarão no clube a custo zero, relativamente a remunerações regulares e periódicas.
O objectivo deste modelo é exactamente esse.
Pretende-se que os jogadores angariem eles próprios patrocínios para o clube, de que forma?
Dentro do círculo de amigos que possuem, ou mesmo junto das empresas a que têm acesso, ou até do comércio local.

Qual a vantagem?

- O clube passaria a ter 25 novos angariadores, que poderiam angariar de 50 euros a 5000 euros, o valor após entregue ao clube pelo patrocinador seria distribuído da seguinte forma:
- 50% do valor seria destinado ao clube;
- 50 % do valor seria acumulado, na conta do jogador, sendo posteriormente entregue ao jogador de uma forma regular e periódica, até que a época termine.

Porquê de 50 euros a 5000 euros?

a) O Jogador Z1, angaria 5000 euros, junto da empresa X1. A empresa X1 entrega ao clube 5000 euros, onde 2500 euros são para o clube e os restantes 2500 euros, são distribuídos pelos meses que faltam até terminar a época. Se estivermos em Novembro e a época terminar em Junho, teremos 2500 euros a dividir por 7
meses, que é equivalente a dizer que o jogador a partir desse momento, recebe 357 euros por mês.

b) O jogador Z2, consegue junto do comércio local, 20 patrocínios a 50 euros, perfazendo um total de 1000 euros. 500 euros serão para o clube e os restantes 500 euros serão distribuídos pelos meses que faltam até terminar a época. Se estivermos em Agosto, quer dizer que o jogador passa a receber de uma forma regular e periódica, 50 euros.
Em virtude do primeiro exemplo, surge o problema do tecto salarial, poderá no entanto a direcção do clube estabelecer um tecto salarial e as verbas excedentárias são distribuídas equitativamente pelos jogadores que menos auferem no clube.
O tecto salarial deve ser definido antes da implantação do projecto.

Valores exemplo para o tecto salarial:

2.ª divisão distrital, 200,00 €
1.ª divisão distrital, 500,00 €
3.ª divisão nacional, 1 500,00 €
2.ª divisão B, 5 000,00 €
2.ª liga, 50 000,00 €
1.ª liga, 150 000,00 €

Porque é que o jogador recebe o que angaria e não partilha com os outros?

Se o jogador angariar para todos, há sempre quem pense, “eu trago o patrocínio e não recebo quase nada por isso, dá mais chatice do que ganho”.
Se o jogador tiver uma boa parte do dinheiro angariado, que depois é distribuído pelos meses em falta até ao fim da época, aumenta-se exponencialmente a motivação para conseguir angariar mais verbas. Quanto mais angariar, mais ganho.

Porque não usar a verba para incentivar com prémios de jogo?

Os prémios de jogo, possuem muitas variantes, as quais, nem a equipa técnica nem os próprios jogadores conseguem controlar. Este projecto visa, melhorar financeiramente os clubes, compensando ao mesmo tempo os jogadores, sem colocar em causa a “saúde” financeira do clube.
O que dizer se o clube no final da época, tiver dispendido 15 000,00 € em remunerações regulares e periódicas?

Quer dizer, que os jogadores conseguiram angariar, 30 000,00 €, dos quais, 15 000 € foram directamente para o clube, cobrindo o custo inicial de 5 000,00 €, fruto de despesas com inscrições e policiamento e os outros 15 000,00 € serviram para pagar aos jogadores de uma forma regular e periódica, tendo o clube um ganho de 10 000,00 €, que não estavam previstos no início da época.

O que seria necessário fazer para iniciar o projecto?

Para cada jogador, seria criada uma “conta”, não uma conta bancária, mas seria coordenado pela tesouraria do clube, as contas de cada jogador, para que facilmente se soubesse sempre, quem tinha angariado verbas e quanto é que tinha a receber.
Seria necessário criar um documento controlo, que os jogadores tivessem, onde estivesse descrito o valor que o patrocinador se comprometia a entregar ao clube, bem como as informações necessárias para a correcta indentificação do patrocinador.
Conclusão:
Este projecto é apenas uma ideia, que resolvi partilhar com outras pessoas e a essas peço que partilhem com mais pessoas ainda.
Espero que a partir desta ideia, alguém consiga criar um projecto mais sólido e mais forte e com isso, melhorar as condições quer dos jogadores que poucam ganham quer dos clubes que vivem dias difíceis e não encontram forma de dar a volta.
Desta forma, os jogadores ao ficarem ao serviço do clube, ficam porque aceitam as condições mínimas que o clube pode oferecer.
Os jogadores não ficam no clube, pela verba que o clube lhe oferece, ficam pelas condições mínimas, já que o restante é ganho por mérito do trabalho de angariação de cada um.
As diferenças nas verbas que cada jogador aufere, não influem no balneário, porque os jogadores não recebem pela qualidade de futebol que praticam, mas sim em função das verbas que angariam.
Poderá dar-se o caso oposto, em que após o projecto estar em funcionamento e os patrocinadores tomarem conhecimento do projeto, poder haver um patrocinador que chegue ao clube e que entregue uma verba, e que dê a indicação de que jogador é que ele quer que usufrue, no caso de empresas de familiares, em que um pai ou um tio, quer patrocinar o clube e faz questão que a verba reverta a favor do filho ou do sobrinho.
Os jogadores antes de iniciarem o processo de angariação deviam ser instruídos sobre os argumentos que devem apresentar aos patrocinadores (ex: melhoramento de balneários, novo piso para o campo, ampliação de infra-estruturas, criação de ginásio no clube, etc).
Esta iniciativa pode ser alargada às equipas técnicas.
Todos os valores sugeridos neste documento, são apenas sugestões e poderão e deverão ser alterados.

Sérgio Alegria, técnico de futebol nível II

Futebol Senior

Concelho de Sesimbra entra com o pé direito na 1º divisão distrital da associação de futebol de Setúbal com duas vitórias caseiras e um empate fora.
O Grupo Desportivo de Sesimbra recebeu e venceu categoricamente o Alcochetense por 3-0, num jogo entre "candidatos a subida".
O Grupo Desportivo de Alfarim recebeu e venceu o O.Montijo por 1-0, um resultado importante para os atletas ao dispor de Luís Freixo.
A A.C.R.U.T.Zambujalense empatou diante do Moitense por 1-1, resultado também este importante para a turma comandada por Nuno Pinto.
Tive oportunidade de ir ver o jogo entre o Moitense e o Zambujal e diga-se de passagem que foi um jogo um pouco polémico. O árbitro da partida nunca conseguiu segurar o jogo, acabando por mostrar um vermelho para o Moitense e depois retira-lo, assim como marcar faltas e depois desmarcar, enfim uma completa desorganização num jogo que acaba por ser justo mas que se o zambujal sai-se vencedor não seria nada do outro mundo. Péssimo jogo de futebol com o Moitense a queimar grande parte do tempo de jogo.
Da minha parte é tudo os meus parabéns as equipas do concelho, e boa sorte para a próxima jornada.

De cabeça na bola


Caros leitores, Tatiana Santos psicóloga que estagiou na área da psicologia do desporto vai estar connosco uma vez por mês na coluna “ De cabeça na bola”, os textos são todos de sua autoria. Quero desde já agradecer a Dª Tatiana Santos por colaborar e acima de tudo por partilhar connosco as suas crónicas.



1º Edição:


Título: Treinar treinadores
Autor: Tatiana Santos
Designação: Piscóloga

"Treinar treinadores"


O Coaching é uma das áreas mais interessantes de trabalho. Saber gerir, saber treinar, saber coordenar equipas também se aprende. Nem todos os líderes usam as melhores estratégias de comunicação, nem todos os dirigentes sabem avaliar correctamente as suas equipas, nem todos os treinadores conseguem manter os atletas unidos. Estas técnicas aprendem-se, trabalham-se com o objectivo de melhorar a performance do grupo e de aumentar o rendimento e os bons resultados. Os “treinadores” são habitualmente Psicólogos – das organizações, do desporto, com formação em Coaching, etc.
As estratégias usadas para potenciar um treinador de futebol não diferem muito das usadas com altos dirigentes de empresas de topo. Entre o que se treina está a capacidade de avaliar eficazmente os resultados produzidos pela equipa, estão também as competências comunicacionais de forma a que seja transmitido exactamente o que se pretende (sem interpretações dúbias ou subjectivas por parte do grupo). Avalia-se ainda a atribuição de reforço positivo sempre que se pretende reforçar um comportamento correcto e treinam-se as competências atencionais através de vários exercícios (visualização mental, por exemplo) de forma a conseguir-se antecipar dificuldades e melhorar o resultado. Um bom treinador ou dirigente é o segredo para o triunfo de qualquer equipa. Daí que seja importante que estes invistam no seu próprio treino de modo a poderem ampliar as suas potencialidades, perceber e corrigir os seus erros e rumar ao sucesso sem limites.

sexta-feira, 19 de setembro de 2008

Patrocínio




A escola de futsal da A.C.D.Cotovia já tem patrocinador oficial, a “ Home Smile de Sesimbra” vai patrocinar um equipamento completo para uma equipa de competição, assim como outros protocolos estabelecidos com a empresa do ramo imobiliário.
Após várias reuniões os representantes da escola e o representante da empresa conseguiram chegar a acordo, protocolo este que passa também pela organização de um torneio anual com a “Home Smile” a patrocinar parte dos custos, torneio esse que irá ter o nome da empresa.
A escola em gesto de agradecimento prometeu á empresa um equipamento completo assim como uma foto de equipa para afixar na unidade comercial “Home Smile de Sesimbra Magic House”.
A publicidade é também uma das formas de fazer crescer esta empresa, que já ocupa um lugar de respeito no ramo imobiliário, a Cotovia irá manter durante os jogos em casa uma lona com publicidade assim como a respectiva publicidade nos equipamentos.
Outros protocolos foram acordados que estão sujeitos a avaliação da empresa e que não poderei divulgar.
Só me resta agradecer ao Sr. Fernando Martinho pela disponibilidade demonstrada e vontade em ajudar a colectividade desde o início das conversações.

Opiniões






Como prometido é devido, os leitores deste blogue vão poder ter a oportunidade de contar com as opiniões de vários treinadores. Os treinadores interessados deverão mandar para o correio electrónico misterjoao24@hotmail.com as suas opiniões.
A primeira edição do opiniões é um texto da autoria de José Carlos Pinto mais conhecido por Calila, treinador de nível II da UEFA, de acordo com as suas vivências ao logo de sete épocas no Atlético Clube da Arrentela, onde foi treinador de escolas A, B e infantis A e B. Actualmente a treinar os infantis B do Amora Futebol Clube.

1º Edição do opiniões: "As vitórias ou a formação???"




"Dilema clássico das conversas dos treinadores das camadas jovens… Qual é a sua opinião?
Depende da política do clube? Da mentalidade dos jogadores? Do adversário? Do plantel? Dos objectivos? Do tipo de jogo?
Na minha opinião depende da consciência de cada treinador, que deverá ser fiel aos seus princípios e coerente com as suas exigências para com os atletas!
Será que com uma derrota de 10-0 os jogadores da equipa vencedora evoluíram? E da equipa perdedora? Talvez num resultado de 4-3 (…) 2-1!
Quando uma equipa ganha e o banco é pouco utilizado….passado algumas semanas, alguém se vai lembrar quem é que jogou? Mas o jogador que jogou provavelmente vai lembrar-se! E os não utilizados? Esses talvez iram sentir mais tarde a falta de ritmo, evolução, motivação, confiança…
Mas, quando se ganha está tudo bem!!! Os que jogam são bons os outros, não jogaram porque os colegas são bons…até o treinador é bom, porque soube escolher os melhores!!!! Se perder pode haver a questão… Mas se tivessem jogado outros a equipa teria ganho?
E porque não jogarem todos….Ganhar e formar ao mesmo tempo? Será possível?
Nem sempre!!!!! Mas cabe aos melhores treinadores conseguirem!"

José Pinto – Treinador 2ºnível

G.D.Sesimbra




O G.D.Sesimbra já tem horário definido para a prática da natação, confira os horários no site do grupo desportivo de Sesimbra.
A direcção do G.D.Sesimbra inscreve pela primeira vez no seu historial uma equipa de infantis B, na minha humilde opinião dou-lhes os parabéns, uma vez que tinham atletas suficientes para o fazer permitindo assim um trabalho mais completo nos escalões de infantis, sendo que nunca poderiam ser inscritos todos os atletas apenas num escalão.

Confira os jogos de pré-época realizados até ao momento pelo futebol juvenil do G.D.Sesimbra:

Juniores: (Sesimbra 1 A.C.D.Quinta do Conde 1)(Sesimbra 0 Futebol Benfica 2)

Juvenis: (Almada 1 Sesimbra 1)

Iniciados: (E.F.António Pica 5 Sesimbra 1) (Palmelense 1 Sesimbra 2) (Brejos 2 G.D.Sesimbra 2) (Charneca 0 Sesimbra 7)

Infantis: (Brejos 6 Sesimbra 6) (Brejos 3 Sesimbra 8) (Charneca 0 Sesimbra 1) (Almada 0 Sesimbra 10) (Palmelense 1 Sesimbra 8)

Infantis B: Zambujal 4 Sesimbra 4


Só me resta desejar boa sorte todas as equipas do G.D.Sesimbra para os campeonatos que se aproximam.